© 2017 Instituto Filhas de Sara

CNPJ: 24.361.683/0001-70

 

Instituto Filhas de Sara

Rua Desembargador Cintra Neto, 600

Milionários -Belo Horizonte- MG

031- 3317 0490

  • Facebook Clean
  • Twitter Clean
  • White Instagram Icon

Siga:

Educação é Poder!

May 10, 2019

Em todo o mundo 62 milhões de meninas não estão na escola. Globalmente, uma em cada três mulheres sofrem violência baseada no gênero. No mundo em desenvolvimento, uma em cada sete meninas se casa antes de seu aniversário de 15 anos e algumas dessas crianças noivas com apenas 8 ou 9 anos. A cada ano, mais de 287 mil mulheres, 99% delas nos países em desenvolvimento, têm morte relacionada à gravidez e a complicações no parto.

 

Enquanto as mulheres representam mais de 40% da força de trabalho agrícola, apenas 3% a 20% são proprietárias de terras. E, apesar de representar metade da população mundial, as mulheres representam menos de 20% dos legisladores no mundo.

 

As mulheres somam metade do potencial de capital humano em qualquer economia. Mais de meio bilhão de mulheres juntaram-se à força de trabalho do mundo ao longo dos últimos 30 anos, e elas compõem 40% da força de trabalho na agricultura. De acordo com o Banco Mundial, os países com maior igualdade de gênero são mais prósperos e competitivos.

Um ano extra de escola secundária para meninas pode aumentar seus ganhos futuros em 10% a 20%. Meninas com o ensino secundário têm até seis vezes menos probabilidade de se casarem precocemente do que aquelas com pouca ou nenhuma educação. E os países que investem na educação das meninas têm as menores taxas de mortes materna e infantil, menores taxas de HIV e SIDA e melhor nutrição infantil.

 

Quando as mulheres participam na sociedade civil e política, os governos estão mais abertos, democráticos e sensíveis aos cidadãos. Quando as mulheres estão na mesa de negociações, acordos de paz são mais inclusivos e duráveis. E, simplesmente, capacitando mulheres agricultoras com o mesmo acesso à terra, novas tecnologias e de capital como os homens, poderemos aumentar o rendimento das culturas em 30%, ajudando a alimentar uma população crescente.

 

(tradução livre do texto publicado pela USAID)*

*https://www.usaid.gov/what-we-do/gender-equality-and-womens-empowerment